Pular para o conteúdo principal

Uepa abre período para pedidos de isenções nos Processos Seletivos

Começa às 14h do dia 10 de abril o período de solicitação de isenção da taxa de inscrição para os Processos Seletivos 2013 da Universidade do Estado do Pará (Uepa). Os interessados em participar do Processo Seletivo (ProSel) e do Programa de Ingresso Seriado (Prise) - Subprograma XVI tem até 23h do dia 4 de maio para acessar os endereços www.uepa.br ou www.prodepa.psi.br/uepa e fazer o pedido.

A instituição está ofertando 12.660 isenções, sendo 6.960 integrais e 5.700 parciais (50% de isenção) - cerca de 10% a mais que no ano passado, quando a Uepa concedeu 11.500 isenções. Vale lembrar que após o cadastro online, o candidato é obrigado a imprimir o formulário de solicitação, anexá-lo às cópias dos documentos descritos no item 3 ("Da DocumentaçãoObrigatória a ser anexada ao formulário") e entregá-lo nos locais descritos no item 4 ("Da entrega") dos editais 35/2012 e 36/3012, disponíveis no site da Uepa (www.uepa.org) até 11 de maio, entre 8h e 14h.

As provas dos Processos Seletivos 2013 estão marcadas para 2 de dezembro (1ª. etapa), 3 de dezembro (2ª. etapa) e 16 de dezembro (3ª. etapa) de 2012. Inscritos aos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Música farão o Exame Habilitatório nos dias 28 e 29 de outubro do mesmo ano.

De acordo com a Diretoria de Acesso e Avaliação (DAA), para o Prosel, serão ofertadas 8.860 isenções, sendo 5.060 integrais e 3.800 parciais (50% de isenção); e ao Prise, 3.800 isenções, sendo 1.900 integrais e 1.900 parciais (50% de isenção). O valor cobrado no ato da inscrição aos candidatos que obtiverem isenção não-total será de R$ 30 (Prosel) e R$ 17,50 (Prise).

A definição da concessão de taxa de inscrição total ou parcial ficará a critério da Uepa, que decidirá a partir da demanda e da análise da situação socioeconômica do interessado, conforme a apresentação dos documentos especificados no item 3 dos editais, e que serão analisados por um grupo de profissionais qualificados para tal. Será considerado como pré-requisito para análise socioeconômica possuir renda igual ou inferior a dois salários mínimos. Esse mesmo grupo fará visitas técnicas não previamente marcadas, por amostragem, para efeito de decisão de concessão de isenção. Se houver empate entre candidatos no momento da classificação para preenchimento das vagas, será obedecido o critério de maior idade.

A divulgação oficial do resultado será no dia 10 de agosto de 2012, até às 14h, no site da Uepa, e ainda nos quadros de aviso do prédio da Reitoria, bem como nos campi do interior do Estado. Os isentos (integrais e parciais) devem imprimir seus comprovantes de isenção e efetivar a inscrição junto aos demais candidatos no mesmo período estabelecido pelos editais dos Processos Seletivos 2013, que serão publicados até 31 de agosto desse ano - sob pena de perda automática do benefício se não o fizerem.

Documentos que devem ser entregues junto ao formulário de solicitação - Até 11 de maio

- Fotocópia do Documento de Identidade; (válido para todos os candidatos)

- Atestado de que está cursando desde a 1ª série do Ensino Médio, em escola pública ou como bolsista integral em escola particular, com conclusão neste ano; (somente para os candidatos do Prosel)

- Atestado de que está cursando a 1ª série do Ensino Médio em escola pública, ou como bolsista integral, em escola particular; (somente para os candidatos do Prise)

- Histórico Escolar se concluiu todo o Ensino Médio em escola pública, ou como bolsista integral, em escola particular; (Somente para os candidatos do Prosel)

- Laudo médico no original ou em cópia autenticada emitido nos últimos 12 meses, atestando o tipo e o grau ou nível da deficiência, com expressa referencia correspondente da Classificação Internacional de Doenças (CID 10); (Somente para pessoas com deficiência / Prosel e Prise)

- Cópia do seu cadastro atualizado expedido pela instituição de deficientes a qual pertence. (Somente para pessoas com deficiência / Prosel e Prise)

* A ausência da cópia de um dos documentos para comprovação das situações indicadas implicará na eliminação automática do candidato à isenção.

Locais de entrega da documentação:

Na capital:

a) Centro de Ciências Sociais e da Educação - (CCSE) - Campus I - Trav. Djalma Dutra, s/n – Bairro do Telégrafo – Belém - Pará;

b) Centro de Ciências Biológicas e da Saúde - (CCBS) - Campus II - Trav. Perebebuí, 2.623 - Bairro do Marco – Belém - Pará;

- Campus III – Av. João Paulo II, 817 - Bairro do Marco – Belém - Pará;

- Campus IV - Av. José Bonifácio, 1.289 - Bairro do Guamá – Belém - Pará;

c) Centro de Ciências Naturais e Tecnologia - (CCNT) - Campus V - Trav. Enéas Pinheiro, 2.626 - Bairro do Marco – Belém - Pará.

No interior:

a) Campus Universitário da Uepa nos municípios de Conceição do Araguaia, Santarém, Marabá, Tucuruí, São Miguel do Guamá, Moju, Altamira, Barcarena, Igarapé-Açu, Paragominas, Vigia, Redenção, Cametá, Salvaterra e Castanhal;

b) Unidade Regional de Educação (URE) nos municípios de Abaetetuba, Breves, Capanema, Itaituba, Monte Alegre, Parauapebas e Santa Izabel do Pará;

c) Escolas Sedes nos municípios de Rondon do Pará e Tailândia

Isenção da Taxa de Inscrição para servidores da UEPA e Instituto Estadual Carlos Gomes – IECG

Servidores da Uepa e do IECG, bem como seus filhos, esposo(a) ou dependentes legais, terão isenção total de taxa de inscrição e, deverão solicitá-la via internet no mesmo período citado acima e seguindo as mesmas orientações descritas. Candidatos nessa situação devem entregar, no protocolo de local de trabalho do funcionário, além de toda a documentação listada, a fotocópia do contracheque de março ou abril de 2012 do servidor ou declaração de vínculo expedida pela Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP/Uepa), e no caso de inscrição de dependente, comprovante desta ligação/parentesco (cópia da certidão de nascimento; cópia da certidão de casamento ou comprovante oficial desta dependência: declaração de imposto de renda e/ou declaração judicial). A falta da cópia de qualquer um dos documentos citados implica no indeferimento da concessão da isenção.

Serviço: mais informações poderão ser obtidas junto à DAA (Reitoria - Rua do Una, 156 - Telégrafo), ou ainda por meio do telefone (91) 3299-2216 e e-mail daa@uepa.br.

Fonte: Agência Pará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONCURSO PÚBLICO DE PORTEL OFERTARÁ 845 VAGAS

Após ter assinado um TAC - Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público para realizar concurso público e nomear os aprovados até janeiro de 2019, a Prefeitura de Portel deve lançar na próximo dia 23 (sexta) o edital 001/2018 para a realização de concurso público que ofertará 845 vagas em diversos níveis de escolaridade.
O organizador do certame será o Instituto Ágata e o período de inscrição no concurso será entre os dias 28/11 e 30/12 no site www.institutoagata.com.br.
A provas serão marcadas para o dia 20 de janeiro de 2019.
Fonte: Marajó Notícias

ATUAL PRESIDENTE DA CÂMARA DE PORTEL DISPUTARÁ A PREFEITURA EM 2020

O vereador Moisés Moreira, do PSC, que até o próximo dia 31/12 é o presidente da Câmara Municipal de Portel, se colocará à disposição do seu partido para concorrer à Prefeitura de Portel em 2020. Empenhado na campanha para a eleição que aconteceu em outubro, o vereador realizou diversas reuniões em comunidades da sede e do interior do município, e nelas, por diversas vezes, foi intimado pelos comunitários a concorrer em 2020 para o cargo majoritário em Portel. De acordo com informações obtidas pelo blog, Moisés Moreira também tem recebido bastante apoio de amigos e lideranças politicas locais e regionais. Com mais de 20 anos de experiência no legislativo, chegou a hora do vereador se submeter a este desafio de governar uma das cidades com os piores índices sociais da região, mas com um potencial turístico, riquezas naturais e um povo muito trabalhador e ordeiro.

Fonte: Blog Marajó Notícias

PARLAMENTO JUVENIL MERCOSUL 2018

O Marajó tem uma candidata para representar nossa região. Enza Yasmin Melo Lima é do Município de Breves.

"Tenho 15 anos, moro em Breves no Pará e sou aluna do 2º ano do Ensino Médio Integrado no IFPA Campus Breves. Sou defensora dos direitos das crianças e adolescentes e membro do JUVA - Juventude unida pela vida na Amazônia. Ciente de meu papel como representante do Marajó, onde temos os piores IDH do Brasil, meu objetivo é representar nosso estado, nossa cultura, nossa identidade, nossos anseios e nosso desejo de uma educação de qualidade e gratuita para todos." Título do Projeto: A internet como ferramenta de integração para os alunos do Ensino Médio.

Resumo: O projeto visa à criação ou ampliação de um espaço informatizado com acesso a internet e profissionais qualificados. Uns dos requisitos era que o projeto contemplasse uma necessidade local e em nossa região marajoara esse espaços muitas vezes são inexistentes e os alunos da…