Pular para o conteúdo principal

Olimpíada de Língua Portuguesa abre inscrições no Pará

O lançamento regional da terceira edição da Olimpíada de Língua Portuguesa 'Escrevendo o Futuro' aconteceu nesta terça-feira (24), no auditório do hotel Crowne Plaza, em Belém. O evento reuniu educadores, técnicos e dirigentes da educação básica de toda região Norte do país, dando início às atividades que têm como objetivo a melhoria da leitura e da escrita de estudantes da quinta série do ensino fundamental ao terceiro ano do ensino médio das redes públicas de todo Brasil.
A Olimpíada de Língua Portuguesa é uma iniciativa da Fundação Itaú Social e do Ministério da Educação (MEC), com a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), e parceria do Canal Futura, Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), Movimento Todos pela Educação e União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime).
A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) já fez a adesão para a olimpíada. A inscrição é gratuita e pode ser feita até o dia 25 de maio, no site www.escrevendoofuturo.org. Podem se inscrever professores de quinta à nona série do ensino fundamental e dos três anos do ensino médio. Ao fazer a inscrição, o professor garante a participação de todas as suas turmas, nas seguintes categorias: poema, memórias literárias, crônica e artigo de opinião.
Após as inscrições, a Olimpíada de Língua Portuguesa acontece durante o ano inteiro, dividida em etapas. As atividades começam com as oficinas nas escolas e a seleção de um texto por categoria em cada uma delas, e seguem pelas fases de seleção municipal, estadual e regional, até chegar à última etapa, em dezembro, com a seleção e a premiação nacional dos 20 textos vencedores, cinco por categoria.
A gerente da Fundação Itaú Social, Isabel Santana, disse que a olimpíada é, também, uma importante estratégia de mobilização da comunidade educacional e de formação de professores para garantir o direito de aprendizado aos alunos. 'Quem se inscreve é o professor, tão importante para mudar os resultados educacionais. Ele recebe um material e tem de trabalhar com toda a classe e o que vai ser premiado é o resultado desse trabalho', explicou.
A diretora de Ensino Infantil e Fundamental da Seduc, Ana Cláudia Hage, representou o Consed durante o lançamento da olimpíada. Para ela, a formação dos professores, que ocorre no início e ao longo das atividades, 'é uma ação importante que, a cada edição, vai se configurando como formação continuada dos professores de língua portuguesa. A olimpíada tornou-se uma referência não só pelo resultado de premiação, mas principalmente pela formação dos professores'.

Fonte: Agência Pará

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

CONCURSO PÚBLICO DE PORTEL OFERTARÁ 845 VAGAS

Após ter assinado um TAC - Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público para realizar concurso público e nomear os aprovados até janeiro de 2019, a Prefeitura de Portel deve lançar na próximo dia 23 (sexta) o edital 001/2018 para a realização de concurso público que ofertará 845 vagas em diversos níveis de escolaridade.
O organizador do certame será o Instituto Ágata e o período de inscrição no concurso será entre os dias 28/11 e 30/12 no site www.institutoagata.com.br.
A provas serão marcadas para o dia 20 de janeiro de 2019.
Fonte: Marajó Notícias

ATUAL PRESIDENTE DA CÂMARA DE PORTEL DISPUTARÁ A PREFEITURA EM 2020

O vereador Moisés Moreira, do PSC, que até o próximo dia 31/12 é o presidente da Câmara Municipal de Portel, se colocará à disposição do seu partido para concorrer à Prefeitura de Portel em 2020. Empenhado na campanha para a eleição que aconteceu em outubro, o vereador realizou diversas reuniões em comunidades da sede e do interior do município, e nelas, por diversas vezes, foi intimado pelos comunitários a concorrer em 2020 para o cargo majoritário em Portel. De acordo com informações obtidas pelo blog, Moisés Moreira também tem recebido bastante apoio de amigos e lideranças politicas locais e regionais. Com mais de 20 anos de experiência no legislativo, chegou a hora do vereador se submeter a este desafio de governar uma das cidades com os piores índices sociais da região, mas com um potencial turístico, riquezas naturais e um povo muito trabalhador e ordeiro.

Fonte: Blog Marajó Notícias

PARLAMENTO JUVENIL MERCOSUL 2018

O Marajó tem uma candidata para representar nossa região. Enza Yasmin Melo Lima é do Município de Breves.

"Tenho 15 anos, moro em Breves no Pará e sou aluna do 2º ano do Ensino Médio Integrado no IFPA Campus Breves. Sou defensora dos direitos das crianças e adolescentes e membro do JUVA - Juventude unida pela vida na Amazônia. Ciente de meu papel como representante do Marajó, onde temos os piores IDH do Brasil, meu objetivo é representar nosso estado, nossa cultura, nossa identidade, nossos anseios e nosso desejo de uma educação de qualidade e gratuita para todos." Título do Projeto: A internet como ferramenta de integração para os alunos do Ensino Médio.

Resumo: O projeto visa à criação ou ampliação de um espaço informatizado com acesso a internet e profissionais qualificados. Uns dos requisitos era que o projeto contemplasse uma necessidade local e em nossa região marajoara esse espaços muitas vezes são inexistentes e os alunos da…