Enter your keyword

Fique por dentro de tudo que acontece nessa terra maravilhosa!

2 de março de 2012

Governo deve criar 19 pontos de venda de pescado

Na próxima terça-feira, uma reunião na Secretaria de Pesca e Aquicultura (Sepaq), juntamente com órgãos que fiscalizam a entrada e saída de mercadorias no Estado, vai definir a minuta do decreto que vai ser publicado para garantir o abastecimento de pescado no Pará no período da Semana Santa.

(Foto: Reprodução/Diário do Pará)

A diretora de pesca da Sepaq, Jossandra Pinheiro, adianta que aproximadamente 19 pontos de venda de pescado devem ser criados na Região Metropolitana de Belém durante o período e os municípios de Tucuruí, Santa Izabel do Pará, Soure, Castanhal e Santa Bárbara também vão realizar a feira em parceria com a Sepaq. Ela espera que outros municípios também realizem o evento.

A Feira do Pescado volta no próximo dia 10 de março ao Centur, com o objetivo de oferecer produtos de qualidade com um preço bem mais em conta do que se encontra nos mercados a feiras e é realizada uma vez por mês. Em 2011, as várias edições tiveram um sucesso de vendas e de público. Quem for à feira vai encontrar várias espécies de peixes como xaréu com cabeça, a R$ 2 o quilo, além de pargo, curuca, ariocó e pescada branca com e sem cabeça. Todos eles tem preço variado de R$ 2 a R$ 5 o quilo. A pescada amarela com cabeça será vendida a R$ 10 o quilo e o filé do mesmo peixe a R$ 18. Também haverá a comercialização de camarão rosa e bacalhau.

ATENDIMENTO
Para este ano a Secretaria de Pesca e Aquicultura garante que vai atender em maior escala a população paraense, sobretudo a mais carente, pois a procura é sempre grande. A feira oferece produtos com preços entre 50% e 60% abaixo do valor de tabela. Além de ser realizada uma vez por mês, a feira deve viajar para o interior do Estado.

Jossandra Pinheiro disse que a procura é grande durante a realização da feira e isso contribuiu para ela ser descentralizada para outros municípios. “Em 2012 ficou decidido que ela vai acontecer uma vez por mês e agora nós estamos formalizando parcerias para levar esta feira para o interior. Já realizamos a feira em Marabá e Ananindeua e estamos também esperando contatos dos municípios que queiram receber a feira”, explicou. (Agência Pará)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Popular

Follow by Email