Enter your keyword

Fique por dentro de tudo que acontece nessa terra maravilhosa!

31 de março de 2012

Processo Seletivo para Agente Comunitário de Saúde de Portel/PA

By On 08:25
PROCESSO SELETIVO PARA AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE

portel-logomarca.jpg

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTEL/PA
PROCESSO SELETIVO - EDITAL Nº 001/2012

seta_direita.jpg 30-03-2012 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO - PUBLICAÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO
seta_direita.jpg 30-03-2012 EDITAL COMPLETO



OBS: Todas as informações referentes ao Concurso Público, encontram-se disponíveis no site:www.portel.pa.gov.br.

30 de março de 2012

Concurso Público de Portel 2012

By On 12:58

A Prefeitura de Portel, no Pará, publicou edital para concurso público destinado ao preenchimento de 430 vagas imediatas em cargos de níveis alfabetização, fundamental completo, médio completo e superior. O concurso será organizado e executado sob a responsabilidade técnica e operacional do INSTITUTO DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL ÁGATA.

As oportunidades abertas são para cargos como Auxiliar de Serviços Gerais, Marineiro e Operador de Máquinas, Técnico de Enfermagem, Professor de diversas disciplinas, Assistente Social, Bioquímico, Enfermeiro, Engenheiro Civil, Fisioterapeuta, Fonoaudiólogo, Médico Veterinário, Nutricionista, Odontólogo, Procurador Municipal, Psicólogo e Técnico Pedagógico.

O maior vencimento inicial será de R$ 4.205,54 e o menor, R$ 622,00.

Inscrições

A inscrição poderá ser efetuada entre 02 e 27 de abril de 2012 através do site www.institutoagata.com.br. Será possível realizar a inscrição de forma presencial seguindo as instuções contidas no ítem 5.17 do edital.

Provas

Com data prevista para 03 de junho de 2012, as provas objetivas de múltipla escolha devem ser realizadas em 02 turnos, sendo as provas para os cargos de nível superior, fundamental completo e alfabetização aplicadas no turno da manhã e as provas para os cargos de nível médio e superior magistério aplicadas no turno da tarde.

Os candidatos aprovados em todas as etapas do concurso público e classificados dentro do número das vagas estabelecidas serão chamados ao longo do prazo de validade do concurso, que inicialmente será de dois anos.



portel-logomarca.jpg

PREFEITURA MUNICIPAL DE PORTEL/PA
EDITAL Nº 001/2012

seta_direita.jpg 30-03-2012 DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO - PUBLICAÇÃO DO CONCURSO PÚBLICO
seta_direita.jpg 30-03-2012 EDITAL COMPLETO
seta_direita.jpg 30-03-2012

DEMAIS INFORMAÇÕES

OBS: Todas as informações referentes ao Concurso Público, encontram-se disponíveis no site:www.portel.pa.gov.br


29 de março de 2012

Dengue ataca menos

By On 11:54
O Pará já registrou este ano 10.091 casos suspeitos de dengue, segundo dados do 11° Informe Epidemiológico divulgado ontem pela Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). Parauapebas ainda lidera o ranking da doença no Estado, com 1.905 ocorrências e uma morte. Belém vem em segundo com 1.660 registros. Na sequência, Marabá (892); Ananindeua (590); e Marituba, (416). Ainda assim, o número de casos registrados em 2012 é menor em comparação ao mesmo período do ano passado.
 
Deste total, apenas 3.277 foram confirmados, sendo 3.259 casos de dengue clássica, 15 de dengue com complicação, dois de febre hemorrágica da dengue e um caso de síndrome do choque da dengue. O Departamento de Controle de Endemias da Sespa segue monitorando as ocorrências da Dengue em todo o Pará e orienta aos municípios que informem imediatamente qualquer caso suspeito. Ressalta, ainda, que a população fique alerta para evitar a proliferação do Aedes aegypti, principalmente no período de chuvas, onde o risco de infestação da doença aumenta. A Sespa também realiza atividades de mobilização e avaliação do Plano de Contingência em 56 municípios, até 4 de abril.
 
Risco - Um terreno com cerca de 450m², na avenida Alcindo Cacela, no bairro Condor, é alvo de reclamações da vizinhança. Segundo eles, o dono do terreno o deixou abandonado, aparecendo por lá duas vezes ao ano e, mesmo assim, não realiza benfeitorias no local. O lixo e o mato tomaram o espaço e a população do entorno o transformou em um depósito de lixo e entulho.
 
A vidraceira Izabel Araújo, 33 anos, mora ao lado do terreno e acredita que o dono acaba prejudicando dezenas de famílias. 'Ele tem obrigação de cuidar do patrimônio, mas, pelo contrário, ele só atrapalha. Nós tínhamos um muro que separava as nossas casas do terreno e ele mandou derrubar e colocou tapumes de madeira', reclamou. Várias partes dos tapumes já foram arrancadas e outras partes encontram-se apodrecidas.
 
O músico Wagner Castro, 44 anos, denuncia que frequentadores de uma boate, que fica a cerca de 50 metros do terreno, acessam a propriedade para usar drogas e fazer sexo. 'Não tem quem impeça as pessoas de entrarem aqui para fazerem o que quiserem, e somos nós, os vizinhos, que temos que conviver com isso', desabafou. Ele alega que sua casa já foi assaltada por pessoas que utilizaram o terreno como acesso.

Além disso, a grande quantidade de lixo e entulho no local contribui para a proliferação de ratos e insetos. 'Já tivemos um surto de dengue aqui na vizinhança, alguns anos atrás, e o foco era este terreno. E ainda tem os ratos, que não são poucos', queixou-se o comerciante Pedro Lima, 46 anos. Segundo ele, agentes da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) adentraram o terreno para prevenir o aparecimento de novos focos do mosquito.

A situação já dura cerca de 7 anos, segundo o autônomo Raimundo Rodrigues, 52 anos, nascido e criado na vizinhança. 'Existia uma casa, mas ela desabou. Desde então, o dono não fez mais nada no local, ele aparece raramente, observa o terreno e vai embora. Não sei o que ele planeja fazer com este espaço, mas espero que ele faça logo, porque quem mora por aqui é que paga', disse. Alguns moradores já somaram esforços para capinar e limpar o terreno. Algumas árvores que nascem no local são constantemente cortadas para não piorar a situação.

Terrenos e casas abandonadas costumam abrigar muitos focos do mosquito da dengue na cidade e a Prefeitura Municipal de Belém não pode se responsabilizar por estes locais. Os locais inacessíveis para os agentes da Sesma representam cerca de 30% das residências visitadas durante as campanhas de prevenção da Dengue.

Fonte: Amazônia Jornal

27 de março de 2012

Instituiçãoes de Ensino Superior cadastrada em Portel

By On 15:32
As Instituiçãoes de Ensino Superior cadastrada em Portel de acordo com o MEC é:


UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ - UFPA

Dúvida respondida aos leitores.

Redação: Folha de Portel

Participe da campanha para a criação da Universidade federal do Marajó

By On 13:15
O Movimento Marajó Forte (MMF) e o Grupo em Defesa do Marajó (GDM) e demais entidades que integram os Movimentos Sociais do Marajó apóiam a campanha Pró-Criação da Universidade Federal do Marajó (UnM).

Para que o projeto chegue às mãos do Ministro da Educação, Dr. Aloizio Mercadante, dos parlamentares da Bancada Federal e Estadual do Pará, você pode ajudar. Pois, faz-se necessário a coleta do maior número de assinaturas nos 16 municípios que compõem o Arquipélago do Marajó, no município de Oeiras do Pará e, nas demais regiões do Estado do Pará.
Na avaliação dos Movimentos Sociais do Marajó, com a criação da UnM será possível garantir no Marajó o que estabelece o artigo 205 da Constituição Federal, no qual a educação, direito de todos, é dever do Estado e da família e, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho.Pois, “Só dessa forma será possível colocar a educação superior pública na pauta de debates da sociedade paraense, elegendo a educação superior como tema de prioridade no plano nacional e estadual”, afirmou o coordenador do Movimento Marajó Forte (MMF), Ricardo Fialho.
Para o coordenador do Grupo em Defesa do Marajó (GDM), José Varella, “a criação da Universidade Federal do Marajó trará efetivos benefícios a Amazônia Oriental e ao corpo acadêmico brasileiro como um todo na área do conhecimento do Trópico Úmido planetário, mediante aumento de oferta de ensino superior, de pesquisa científica e tecnológica e, do desenvolvimento sustentável, gerando prosperidade e bem-estar da população da região, inclusive do seu entorno, repercutindo positivamente sobre a Região Metropolitana de Belém e ZPE Macapá-Santana e o resto do mundo através do intercâmbio universitário e da cooperação internacional”.
Para maiores informações acesse o blog do movimento clicando aqui

Fonte: Movimento Marajó Forte

FEST FRUTAS 2012

By On 09:03
Participe nos dias 21 e 22 de abril do VII Fest Frutas 2012.
2 noites de bingo e leilões e vendas das mais iguarias feitas de frutas regionais, você vai curtir muitas músicas ao vivo e mais... a escolha das garotas fest frutas e fest frutas mirim 2012.
Local: Comunidade são Miguel - Tijuca
Hora: 19h
Participe e colabore...
Vai ser um delícia!!!

Concurso público em ano eleitoral

By On 08:53
Este ano é um ano eleitoral. Teremos eleições para PREFEITO e VEREADOR. Todo ano eleitoral me perguntam se pode ou não ser realizado concurso público.

Estamos em fevereiro e já fui perguntado várias vezes por alunos, amigos professores de diversas matérias distintas do Direito Administrativo, através de e-mail ou pessoalmente sobre esse assunto.

Inicialmente, já vou responder a todos os leitores essa pergunta: é possível, sim, a qualquer tempo, em qualquer ano, eleitoral ou não, a existência de concurso público!!!

Não é proibida a existência de concurso público. Tal decisão decorre de critérios de conveniência e oportunidade do Administrador Público Federal, Estadual, Distrital ou Municipal. Cabe a ele decidir se está ou não na hora de selecionar futuros servidores ou empregados públicos.

A Lei nº. 9.504/97 estabelece regras gerais e permanentes para todas as eleições, as principais restrições estão expostas em seu art. 73, V, com o seguinte teor:

"Art. 73. São proibidas aos agentes públicos, servidores ou não, as seguintes condutas tendentes a afetar a igualdade de oportunidades entre candidatos nos pleitos eleitorais:

[...]

V - nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, ex officio, remover, transferir ou exonerar servidor público, na circunscrição do pleito, nos três meses que o antecedem e até a posse dos eleitos, sob pena de nulidade de pleno direito, ressalvados:

a) a nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança;

b) a nomeação para cargos do Poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais ou Conselhos de Contas e dos órgãos da Presidência da República;

c) a nomeação dos aprovados em concursos públicos homologados até o início daquele prazo; grifo nosso;

d) a nomeação ou contratação necessária à instalação ou ao funcionamento inadiável de serviços públicos essenciais, com prévia e expressa autorização do Chefe do Poder Executivo;

e) a transferência ou remoção ex officio de militares, policiais civis e de agentes penitenciários;

[...]"

Verificada a conduta proibida, o ato administrativo será considerado nulo de pleno direito, sem prejuízo de outras conseqüências.

Observe-se, porém, que a lei vigente não impede a abertura ou a realização de concursos públicos e as restrições dela decorrentes não impedem nomeações para cargos do Poder Judiciário (técnicos e analistas judiciários, magistratura e etc), do Ministério Público (cargos administrativos, Promotor e Procurador), dos órgãos da Presidência da República e dos Tribunais e Conselhos de Contas.

Não é vedada, também, a nomeação (cargo efetivo) ou admissão (emprego público) dos aprovados em concursos públicos homologados antes de três meses que antecedem as eleições (primeiro domingo de outubro, art. ____, CR/88). A homologação ocorre após o resultado final do processo seletivo, sendo publicada no Diário Oficial da União, Estado, Distrito Federal ou Município de acordo com o respectivo órgão ou entidade.

Assim sendo, caros concursandos, continue estudando para os concursos que ocorrerão este ano.

Boa sorte a todos e a luta continua!!!

Caro (a),

Atenciosamente,

Doutor Tiago Queiroz
Advogado e Professor Especializado em Concursos e Servidores Públicos
(21) 2262-4915
www.queirozbrandaoadvogados.com.br

Extraído de PCI - Concursos

26 de março de 2012

População de Melgaço tem acesso à cidadania com a emissão de documentos

By On 19:36
A caravana do Pro Paz Cidadania Presença Viva ajudou reduzir os índices de sub-registro civil ao longo do rio Tajapuru, que banha as margens dos municípios de Melgaço e Breves. Famílias inteiras procuraram o Balcão de Atendimentos da Defensoria Pública do Estado, em busca do registro civil. Alilciane Ferreira dos Santos tem 24 anos e apesar a pouca idade já é mãe de três filhos. Assim como ela, nenhum deles possuía registro de nascimento.

Ela foi até a escola José Maria Rodrigues Viegas Júnior, onde estão concentradas as ações de emissão de documentos da Caravana Pro Paz, acompanhada do pai, Raimundo Ferreira Nobre, 53 anos e do marido Orlando Ferreira Lima, de 56 anos. Foi através da divulgação nas lanchas escolares que a família tomou conhecimento da ação. “A gente mora muito longe, passamos um tempo sem embarcação e depois não tínhamos dinheiro nem para comer, imagine para comprar o óleo diesel do barco”, justifica.

A aposentada Apolonia Pantoja, de 75 anos, também aproveitou a Caravana para tirar o seu registro civil e o do filho, Manoel Ribeiro Pantoja, 55 anos. Moradora do rio Anapu, a idosa nunca teve acesso ao serviço, segundo ela, por conta da distância da localidade onde mora para a sede do município. “Eu estou muito feliz com essa benfeitoria que estão fazendo pra gente”.

O Programa Estadual de Erradicação do Sub Registro Civil foi lançado em 2004, uma parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social (Seas), Pro Paz e Defensoria Pública do Estado. Foi criado também um fundo, coordenado pela Seas, para suprir a necessidade das pessoas que não têm condições de pagar pelo documento. “Mensalmente as associações de cartórios repassam à Seas um recurso que vem atender aquelas pessoas que não têm como pagar pelo documento”, explica.

Em Melgaço, a emissão da primeira e segunda vias do registro civil está sendo realizado no “Balcão de Direitos”, uma ação que prevê também a ampliação do acesso a documentação básica. Somente no primeiro dia de ação no município foram emitidas 272 certidões de nascimento (1ª e 2ª vias). Além do documento, essas pessoas também foram encaminhadas à Secretaria Municipal de Saúde para receberem a Certidão de Nascidos Vivos e também serem incluídas, através da Seas, no Cadastro Único para Programas Sociais (Cadúnico), garantindo assim o acesso aos programas sociais do governo, como o “Bolsa Família”.

Uma dessas famílias foi a da ribeirinha Elisabeth da Silva Vaes, 30 anos, mãe de oito filhos, todos menores de 12 anos. Moradora do Rio Anapu, ela conta que tentou emitir o registro civil dos filhos, alguns com mais de sete anos, idade em que já é cobrada a taxa no valor de 30 reais. Além do registro civil Elisabeth será cadastrada nos programas sociais do governo. “Eu agradeço a Deus por isso. Infelizmente eu não tinha condições, mas agora eles já podem ter um futuro melhor”, disse emocionada.

Além do registro civil, a Caravana Pro Paz também está levando à população de Melgaço o registro de identidade, CPF, carteira de trabalho e o certificado de reservista. No primeiro dia de ação, foram emitidas 272 cédulas de identidade, 309 CPF’s e 200 carteiras de trabalho. O Balcão de Direitos também está emitindo as fotografias para o Certificado de Alistamento Militar, serviço que está sendo oferecido pela Caravana em Melgaço, graças a uma parceria com a prefeitura da cidade. No primeiro dia de ação foram emitidos 27 certificados.

25 de março de 2012

Prefeitura de Belém abre concurso público

By On 15:09

São oferecidas 1.901 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Remuneração é de até R$ 1.244,00.

A Prefeitura de Belém abre concurso público para provimento de 1.901 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. As vagas são destinadas à Secretaria Municipal de Saúde (SESMA) e a remuneração é de até R$ 1.244,00. Confira o edital.
Cargos
Nível Fundamental: agente de portaria, agente de serviços gerais, auxiliar de manutenção, carpinteiro, eletricista, encanador, motorista, pedreiro, pintor e soldador.
Nível Médio: agente de vigilância sanitária, assistente de administração, auxiliar técnico em computação, técnico em contabilidade, técnico em enfermagem, técnico em higiene dental, técnico em ótica oftálmica e técnico em radiologia.
Nível Superior: administrador, arquiteto, assistente social, cardiologista, cardiologista pediátrico, contador, dermatologista, economista, enfermeiro, engenheiro civil, engenheiro sanitarista, estatístico, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, geriatra, ginecologista, hematologista, infectologista, médico, médico - auditoria, médico - broncoscopia, médico anestesiologista, médico- cirurgião vascular, médico clínico, médico do trabalho, médico intensivista, médico neurocirurgião, médico otorrinolaringologista, médico radiologista, médico reumatologista, médico traumatologista, médico ultrassonografista, médico urologista, médico vascular, médico-cirurgião bucomaxilo facial, médico-cirurgião cabeça e pescoço, médico-cirurgião geral, médico-cirurgião pediátrico, médico-cirurgião torácico, médico-veterinário, nefrologista, neurologista clínico, nutricionista, odontólogo, oftalmologista, pediatra, psicólogo, psiquiatra e terapeuta ocupacional.
As inscrições poderão ser realizadas através da internet (www.cetapnet.com.br), no período de 29 de março de 2012 a 02 de maio de 2012. A taxa de participação será de R$ 40,00 para os cargos de nível fundamental, R$ 50,00 para os de nível médio e de R$ 70,00 para os de nível superior.
A Prova Objetiva de Múltipla Escolha será realizada no dia 03 de junho de 2012 em local e horário previamente informados aos candidatos através do site de inscrição, devendo os mesmos obrigatoriamente acessá-lo para a obtenção dessas informações. No exame, serão avaliados os conhecimentos dos candidatos em matérias como Língua Portuguesa, Matemática, Legislação, Atualidades, Raciocínio Lógico, Informática e Conhecimentos Específicos, com as devidas diferenças entre os níveis de escolaridade. Para ser considerado aprovado, o candidato deverá obter rendimento igual ou superior a 06 (seis) pontos na Prova Objetiva.
O gabarito definitivo da Prova Objetiva sairá até o dia 19 de junho de 2012 e o resultado final definito está agendado para ser divulgado no dia 02 de julho de 2012. Após a homologação do resultado final, o concurso de Belém passará a ter validade de 02 (dois) anos.

Fonte: Concursos no Brasil

 

Caravana Pro Paz Presença Viva chega a Melgaço

By On 11:04
A população de Melgaço, na ilha do Marajó, começa a usufruir neste domingo, 24, dos serviços da Caravana Pró Paz Presença Viva. O município será o oitavo a ser contemplado pela ação. Serão quatro dias de atendimento nas áreas de saúde, cidadania e cultura. A expectativa é sejam realizados entre 20 e 25 mil procedimentos. As unidades móveis da caravana farão o atendimento de saúde em duas balsas atracadas no trapiche da cidade. A emissão de documentos acontece na escola estadual José Maria Rodrigues Viegas. O atendimento começa às 8h e vai até as 18h.

A movimentação na cidade é grande desde a véspera da ação, com divulgação na rádio local e distribuição de cartazes. A população ribeirinha também começou a chegar à sede do município ainda na noite de sábado, quando já era possível observar a formação de algumas filas no local do atendimento. “Isso demonstra o interesse da população em garantir o seu atendimento. Não só pessoas da sede como também de localidades próximas ao município”, destacou o coordenador da Caravana Pro Paz Presença Viva, Jorge Bitencourt.

O servente José Roberto Gomes dos Santos, de 40 anos, procurou informações junto às equipes da Caravana sobre os atendimentos em saúde. Para ele, essa é exatamente a maior carência que a a Caravana vem atender. “A minha filha sofre com tontura e a minha esposa tem dores fortes no estomago. É a oportunidade delas terem um atendimento, porque aqui é muito difícil, fora o tempo que leva pra gente conseguir uma consulta”, lamenta.

Pela primeira vez a Caravana irá emitir o Certificado de Reservista, graças a uma parceria entre a prefeitura local e a coordenação da ação integrada. O serviço, que já é oferecido em Melgaço, será integrado aos atendimentos do Pro Paz Cidadania Presença Viva, que irá colaborar com a emissão de fotos.

Portel – Mais de 60 mil procedimentos foram realizados em Portel durante os quatro dias de Caravana no município, 11 mil somente na área de emissão de documentos (certidão de nascimento, primeiras e segundas vias, carteiras de identidade, CPF e carteiras de trabalho).

O balanço final da ação em Portel registrou 9.584 procedimentos odontológicos, 6.594 atendimentos em oftalmologia, 1.344 procedimentos clínicos, 4.486 consultas médicas (clinico, pediatria ginecologia) 3.578 dosagens de glicemia e medição de pressão, 860 testes rápidos de HIV e 23.094 atendimentos na farmácia (receitas e medicação).

Apesar da falta de luz na tarde do terceiro dia de ação, um gerador próprio garantiu o atendimento em todas as áreas. As equipes do setor de identificação da Policia Civil foram remanejadas para a embarcação Ana Beatriz III, uma das bases da Caravana, e utilizaram o sinal digital via satélite. “Desde o planejamento da Caravana, em dezembro do ano passado, foi incluído um gerador justamente para que a população não ficasse prejudicada em caso de falta de energia”, explica Jorge Bitencourt.

Fonte: Agência Pará

24 de março de 2012

Odontologia e Oftalmologia batem recordes de atendimentos em Portel

By On 10:33
Uma das especialidades mais procuradas durante a etapa Portel da Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva é a Odontologia. Somente nos dois primeiros dias de ação no município (20 e 21), foram realizados mais de 4 mil procedimentos entre restaurações, raspagem, profilaxia, remoção de raiz, capeamento pulpar, aplicação tópica de flúor, suturas, escovação orientada e palestras.

O marceneiro Jorge Vitor Barbosa, de 21 anos, procurou o atendimento odontológico pela primeira vez na vida após ouvir no rádio a divulgação dos serviços da caravana. A busca foi pela extração dentaria e raspagem de tártaro. Ele admite que só procurou o atendimento por conta da facilidade. “Já tentei atendimento em Portel, mas nunca conseguia ficha. Só vim porque meu vizinho disse que conseguiu ser atendido e ficou muito satisfeito com o resultado”, contou.

A dona de casa Andreza Lopes também aguardava sua vez de entrar no consultório. Ansiosa pelo atendimento de restauração e limpeza dentaria, a dona de casa diz que a ação no município vem preencher uma carência no serviço que não é prestado de forma eficiente na unidade de saúde de Portel. “É muito difícil conseguir uma consulta com os dentistas que atuam aqui na cidade. Além de ser muita gente na sede do município, ainda tem as comunidades rurais. A ação do Pro Paz está sendo um alívio para quem precisa de atendimento dentário”, agradeceu a moradora.
Segundo a coordenadora geral da etapa Pro Paz Cidadania Presença Viva em Portel, Hebe Ripardo, nos municípios pelos quais a caravana já passou a grande procura é pelo serviço de Oftalmologia, seguido pelo atendimento nas Clínicas Médica e Pediátrica. Em Portel, a segunda maior demanda foi a Odontologia. “Isso demonstra que o município tem uma demanda reprimida nessa área. Além do tratamento, estamos realizando um trabalho preventivo, com orientações sobre a importância da higiene bucal”, explica.

Óculos
Outro recorde de atendimento somente nos dois primeiros dias de ação foi na clínica Oftalmológica, com aproximadamente 5 mil consultas. Os problemas mais comuns identificados pelos oftalmologistas da Caravana foram a presbiopia, principalmente em pacientes com idade entre 40 a 60 anos. Já a catarata foi o principal diagnóstico em pacientes com idade acima de 60 anos. Outro problema bastante comum entre portelenses é piterismo, também conhecido como “carne crescida”.

Segundo o médico Rafael Eidi Yamamoto, os pacientes passam por vários exames para confirmação do diagnóstico. A estrutura do consultório permite a realização de exames de lâmpada de fenda, que identificam a biomicroscopia do paciente, exames de fundo de olho para análise da retina, nervo ótico, mácula e por último os pacientes passam pelo exame de refração, que indica a necessidade do uso de óculos. Os casos de piterismo, dependendo do grau, são encaminhados para tratamento continuado na Unidade de Referencia à Saúde do município. “Existem vários graus de piterismo e a indicação cirúrgica é para os pacientes que já possuem dificuldade para enxergar”, explica o médico.
Nos casos de prescrição de óculos o paciente é atendido na ótica que funciona ao lado da clínica oftalmológica. Após a consulta o paciente escolhe o modelo da armação fornecendo aos técnicos a receita prescrita pelo médico. Cinco pessoas trabalham na fábrica de óculos e cada um fica responsável por uma etapa do processo. “O paciente entrega a receita, um dos funcionários anota todas as medidas, repassa para o responsável pelas lentes, que identifica a necessidade do paciente e depois nos passa para fazermos os recortes. O óculos é entregue em no máximo 15 minutos", explica Rudivaldo Martins, coordenador da Ótica.

Oficina de Consumo Sustentável certifica 240 professores de Portel

By On 10:29
Bolsas confeccionadas com caixas de polietileno, porta-lápis feito com latas descartáveis e CDs que viram porta-quadros foram alguns objetos confeccionados a partir de materiais recicláveis, durante a Oficina de Consumo Sustentável e Geração de Renda, oferecida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), no município de Portel, em mais uma ação da Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva no Arquipélago do Marajó.

A atividade é voltada a professores das escolas estaduais do município e visa formar multiplicadores para educação ambiental. Nesta quinta-feira (22), 240 professores foram certificados, e agora poderão repassar o conhecimento nas salas de aula, e ainda aumentar a renda mensal comercializando os objetos oriundos da reciclagem.

A arte educadora Eliana Ferreira disse que a proposta é conscientizar os professores sobre a importância do consumo sustentável e a redução do lixo, formando multiplicadores na comunidade escolar. “Esses professores poderão repassar aos alunos os conceitos de educação ambiental e, na pratica, a importância da reciclagem enquanto medida de proteção do meio ambiente”, ressaltou.

A oficina agradou a professora Elisângela Vieira da Costa, que leciona no ensino fundamental da Escola Júlia Barbalho. Ela contou ter aprendido muito durante a oficina, principalmente como transformar lixo em dinheiro. “Vou levar para os meus alunos toda essa riqueza de conhecimento. O nosso município sofre bastante com a falta de informação ambiental. Agora vou poder ensiná-los a proteger o meio ambiente, através da reciclagem”, disse a professora.

Alunos de escolas públicas de Portel também estão recebendo orientações sobre educação ambiental, ecologia e reciclagem, em palestras realizadas nas próprias escolas. A coordenadora da ação ambiental da Sema, Graciete Nogueira, informou que o objetivo é formar uma grande rede de multiplicadores ambientais. “Os professores levam para a sala de aula o que aprendem no curso, e os alunos levam para sua comunidade o que aprendem na escola, e assim o conhecimento é ampliado e divulgado”, destacou.

Nesta sexta-feira (23), durante uma caminhada ecológica pelas ruas da sede municipal, serão apresentados os resultados da oficina. Haverá ainda exposição dos objetos confeccionados e ações de sensibilização.

Fonte: PROPAZ

21 de março de 2012

Seduc e Sintepp avaliam lotação de profissionais de educação

By On 20:12

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) se reuniu novamente, na tarde desta quarta-feira (21), com representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp).

O secretário adjunto de Gestão, Waldeci Costa, e a diretora de Recursos Humanos, Maria José Brígido, entregaram aos sindicalistas a minuta da portaria que trata sobre a lotação de profissionais de educação na rede de ensino, para ser avaliada pela categoria. A Seduc tem até o dia 30 deste mês para enviar a minuta à Secretaria de Estado de Administração (Sead).

Sobre os outros assuntos debatidos na reunião, como Plano de Cargos, Carreira e Remuneração (PCCR), Waldeci Costa informou que alguns itens estão sendo discutidos com a Sead.

A Seduc voltará a se reunir com a direção do sindicato na próxima segunda-feira (26), às 15h, na Secretaria Adjunta de Ensino (Saen).

Fonte: Agência Pará

Ônibus biblioteca leva diversão e cultura às crianças de Portel!

By On 20:02

Mais de 300 crianças participaram, nesta manhã, das atividades culturais e educativas da Fundação Tancredo Neves, no ônibus biblioteca que acompanha a Caravana Propaz Cidadania, aqui pelo Marajó. A brincadeira de hoje foi confeccionar uma mandala marajoara! Ouça na entrevista com a coordenadora do projeto de cultura itinerante, Iva Rothé.

Iva com a mandala marajoara produzida pelas crianças de Portel.

Fonte: Caravana ProPAZ

Paternidade reconhecida!

By On 19:58

O reconhecimento voluntário de paternidade é um dos serviços oferecidos gratuitamente à população do Marajó, através do Balcão de Direitos, da Defensoria Pública do Pará, na Caravana Propaz Cidadania. Hoje, o Rai, de apenas 7 anos, teve a paternidade reconhecida e ganhou nome e sobrenome: Rai da Silva Moraes. Em 26 dias de Caravana, cerca de 50 crianças já ganharam o direito de ter um pai! Ouça mais aqui na entrevista com o defensor público, Raimundo Elias.

Rai e o pai, Alaíde Tenório Moraes

Rai com o pai e a mãe, Ediane Aires Moraes

Rai, com o pai, a mãe e os irmãos.

Fonte: Caravana ProPaz

Artistas de Portel saem do anonimato através do “Mapa das Artes”

By On 19:50
Uma rede social com informações sobre a cultura paraense. Essa é a proposta do projeto “Mapa das Artes”, uma iniciativa do Governo do Estado, por meio do Instituto de Artes do Pará (IAP), que está percorrendo vários municípios do Marajó, junto à Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva. Desde o início da caravana, que já passou por sete municípios, cerca de 400 artistas já incluíram seu perfil no mapa.

A ideia, segundo o técnico da gerência de artes cênicas e musicais do IAP, Armando Neto, é identificar os artistas da região, cadastrá-los e incluí-los no mapa, que poderá ser acessado por qualquer pessoa, através do link na página do IAP, na internet. A partir do cadastro, o artista fica responsável pelo abastecimento do seu perfil. “Qualquer pessoa que acessar o mapa terá acesso ao artista, sua obra e um histórico da sua carreira. É uma forma desses artistas saírem do anonimato e ficarem lincados entre eles e os demais segmentos artísticos”, explica Armando Neto.

A ação cultural conta com a parceria das secretarias municipais de cultura, que ficam responsáveis por mobilizar a classe artística local. Em Portel, cerca de 20 artistas já se cadastraram e segundo Armando Neto, o que mais chamou a atenção foi a diversidade das linguagens artísticas existentes no município. “Aqui nós encontramos grupos de carimbó, de hip hop, de dança, escritores, artistas plásticos e esses serão conhecidos a partir do mapa”, ressalta Armando Neto.

O artista plástico Rubevaldo Ramos, de 40 anos, trabalha há 20 com a confecção de móveis e objetos em madeira decorados com a pirogravura, uma arte milenar que permite a gravação de imagens com o recurso do fogo. O artista já participou de feiras de artesanato em Belém, mas acredita que a partir do mapa seu trabalho vai romper as fronteiras regionais. “Eu já tive trabalhos que foram comprados por estrangeiros. Com esse mapa será possível o contato com admiradores de outros estados e quem sabe, de outros países”, estima o artista.

A expectativa é a mesma para o rapper Robson Caldas Furtado, de 18 anos. Ele faz parte do grupo de Hip Hop “Laipercrew”, que reúne 12 jovens do município e já se apresentou em diversas cidades da região. Além da música os jovens trabalham com a linguagem artística através do grafite. “Eu acredito que já estamos preparados para nos apresentarmos em outros lugares e termos nosso trabalho reconhecido”, diz o jovem.

Alem do cadastro, o IAP também está divulgando as ações do instituto, que oferece diversas capacitações e incentivo ao artista, através de bolsas de pesquisa e experimentação artística, utilização dos equipamentos do núcleo de produção digital do IAP, oficinas, cursos e workshops. Durante a caravana estão sendo esclarecidas as ações do Sistema Nacional de Cultura que pretende criar, através da elaboração e aprovação de uma lei específica, sistemas de cultura municipais, uma importante ação para a consolidação do Sistema Nacional de Cultura (SNC). O objetivo é fomentar a discussão local da política cultural, que servirá de base na construção de uma política nacional de cultura.

As ações no município de Portel também incluem o cineclube, com a “Mostra Pará”, reunindo várias produções paraenses, algumas delas premiadas, além dos resultados das bolsas de experimentação audiovisual oferecidas pelo IAP. As sessões acontecem no auditório da Escola Rafael Gonzaga, sempre às 18h.

Fonte: Agência Pará

20 de março de 2012

População de Portel começa a usufruir dos serviços da Caravana Pro Paz

By On 21:29
A viagem de barco da localidade de Pacajá até a sede municipal de Portel, no Arquipélago do Marajó, durou mais de 5 horas, mas isso não impediu que Maria Moura da Silva, 68 anos, sem apresentar nenhum sinal de cansaço, aguardasse sua senha para o atendimento oferecido pela Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva. A ação do governo, que oferecerá benefícios nas áreas de saúde, cidadania e cultura a todos os municípios da região, garantiu a tão esperada cadeira de rodas para a neta de Maria Moura, de apenas 7 anos, que ficou com sequelas da paralisia infantil.

Assim como ela, centenas de pessoas acordaram cedo, para aguardar a chegada da caravana em Portel, o sétimo município a receber os benefícios oferecidos por vários órgãos do governo estadual.

Os serviços começaram a ser realizados às 8h desta terça-feira (20). Um dos consultórios mais procurados foi o de Oftalmologia, que deve realizar cerca de 400 atendimentos por dia. Até o início da tarde, o serviço oftalmológico já havia contabilizado mais de 200 consultas. Para garantir total assistência, após a consulta os óculos são entregues aos pacientes, graças à fábrica de óculos que acompanha a caravana.

Um dos primeiros pacientes atendidos foi o pescador Antonio Cassiano Ferreira, 57 anos. Diagnosticado com miopia, cerca de 15 minutos após a consulta ele recebeu os óculos. “Eu perdi os óculos há muito tempo, e nem pensava que um dia ainda ia conseguir outros”, disse ele.

Outro serviço muito procurado no primeiro dia de ação em Portel foi o atendimento ginecológico. A clínica oferece o exame para diagnóstico de câncer de colo de útero, motivo pelo qual a dona de casa Maria do Carmo Bezerra, 52 anos, acordou bem cedo. “A gente que mora aqui não consegue continuar o tratamento indicado no posto de saúde. Eu esperei mais de seis meses para fazer esse exame, e aqui foi só um dia. Já posso ir pra casa mais tranquila”, declarou Maria do Carmo, após constatar que não tem nenhum problema uterino.

Documentos - Como em todos os municípios pelos quais a caravana já passou, a emissão de documentos também foi um dos serviços muito procurados. Só nesta terça-feira foram emitidas 250 certidões de nascimento (primeira e segunda vias), 400 carteiras de identidade e cerca de 80 CPFs.

Francisca da Cruz Pantoja, 57 anos, foi outra habitante de Portel a enfrentar um longo percurso para usufruir os serviços da caravana. Moradora das cabeceiras do Rio Pacajá, ela viajou cerca de 7 horas para retirar uma segunda via da Carteira de Trabalho, do RG e CPF. Ao receber os documentos, a dona de casa garantiu que a permanência na fila foi recompensada. “Nunca pensei que pudesse ter de volta todos os meus documentos”, disse Francisca, sem esconder a satisfação.

A demanda também foi significativa para a realização dos testes de HIV e hepatites virais (B e C). A equipe do Laboratório Central atendeu 84 pessoas com o teste rápido do HIV e 120 com o teste para hepatites. “Independentemente dos resultados, o paciente é encaminhado ao aconselhamento, para receber informações sobre prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs)”, informou a assistente social Maria Andrade.

Os casos positivos de HIV são encaminhados à Unidade de Referência em Belém, onde é possível aprofundar os exames e, caso haja necessidade, receber os medicamentos para o controle da doença.

Em Portel, as ações estão concentradas na Escola Municipal de Ensino Fundamental Rafael Gonzaga até quinta-feira (22), quando a caravana seguirá para o município de Melgaço.

Fonte: Agência Pará

19 de março de 2012

Aviso Caixa Econômica - Agência Breves

By On 10:07
Aviso Importante
Aos funcionários públicos da Prefeitura de Portel que desejam realizar o empréstimo consignado através a Caixa Econômica Federal, devem dirigir-se até a Casa Lotérica local (Lotérica Camapum), para realizar os procedimentos básicos.
A gerência de Breves informou que não estará fazendo estes procedimento na Agência Breves.

Folha de Portel

Copa Pro Paz seleciona 33 jogadores para clubes paraenses

By On 09:56

Com apenas 12 anos, o menino Júlio César, que já tem nome de craque, alimenta um sonho, comum a milhares de garotos brasileiros: ser jogador de futebol profissional e comprar uma casa para os pais. Um sonho que pode começar a virar realidade a partir deste domingo (18).

Mostrando seu potencial no gramado do Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, onde já jogaram ídolos como Neymar, Ronaldinho Gaúcho e o paraense Paulo Henrique Ganso, o garoto Júlio César conseguiu ser um dos 33 selecionados na Copa Pro Paz, que pela manhã levou 160 crianças e adolescentes atendidos pelo Programa Pro Paz ao estádio, para serem avaliados pelas comissões técnicas (os “olheiros”) dos três mais tradicionais clubes de futebol do Pará – Remo, Paysandu e Tuna Luso.

Júlio César, que participa das atividades educativas e de inserção social no Polo do Pro Paz na comunidade Riacho Doce, no bairro do Guamá (em Belém), vai treinar no Clube do Remo. O menino, que cursa a 4ª série do ensino fundamental, joga na posição de atacante. E é com a mesma garra com que entrou em campo para conquistar o direito de treinar em um clube de expressão que Júlio César pretende se profissionalizar, para ajudar a melhorar as condições de vida da mãe, que trabalha como manicure, e do pai, que é segurança.

Promovida pelo governo do Pará, por meio do Pro Paz, com apoio das Secretarias de Estado de Esporte e Lazer (Seel) e de Comunicação (Secom), e da Fundação de Radiodifusão do Pará (Funtelpa), a Copa Pro Paz proporcionou a 160 meninos atendidos pelo programa a oportunidade de mostrar suas habilidades esportivas e jogar em um estádio do porte do Mangueirão.

A programação, realizada em uma manhã que dificilmente será esquecida por eles, foi aberta às 8h, com a execução do Hino Nacional. Perfilados em campo, os meninos ouviram as orientações dos monitores do Pro Paz e foram divididos em equipes, que disputaram partidas de 20 minutos cada.

Tudo sob o olhar atento dos pais e de outros familiares, que acompanharam o torneio das cadeiras do estádio, vibrando e incentivando os atletas a cada jogada.

Compromisso social - A coordenadora do Pro Paz, Isabela Jatene, informou que mais de duas mil crianças e adolescentes fizeram a pré seleção, nos quatro polos do Pro Paz, e 160 acabaram participando da Copa.

Com o torneio, segundo Izabela Jatene, os clubes tiveram a oportunidade de “mostrar o enorme compromisso social que têm. O governador Simão Jatene vem dizendo sempre que a contrapartida social dos clubes é abrir as portas para essas crianças e adolescentes, que dificilmente teriam essa chance”.

Os membros das comissões técnicas dos clubes também chegaram cedo ao Mangueirão. Integrante da equipe do Paysandu, o técnico Nad, que já treinou o time profissional do “Papão da Curuzu”, considerou a Copa Pro Paz importante, por ajudar a revelar talentos “que estão escondidos, e não têm condições de sair de casa para fazer uma avaliação”.

Segundo Nad, “qualquer garoto tem o sonho de ser jogador de futebol profissional. Um projeto como esse pode oferecer essa oportunidade, que ajuda não só a eles, mas também aos clubes”.

O diretor da Tuna Luso, Luís Jansem, concordou com Nad, e acrescentou: “A Tuna Luso já é formadora de craques. Revelamos o Giovanni e o Paulo Henrique Ganso, e uma copa como essa vai nos ajudar a revelar um novo craque para o futebol brasileiro”.

O técnico do Sub 20 do Clube do Remo, Edmilson Melo, ressaltou a importância da iniciativa, que faz parte da contrapartida social dos clubes que assinaram, com o governo do Estado, o contrato de transmissão do Campeonato Paraense em 2012. Edmilson Melo disse esperar que, agora, os 11 jogadores escolhidos pelo Remo não meçam esforços para garantir as conquistas, para eles e para o clube.

Preliminar do Re x Pa - O vice-presidente da Federação Paraense de Futebol, José Ângelo Miranda, representou a FPF no torneio, e também disse ter ficado muito feliz com a iniciativa. Ele aproveitou para anunciar que os 33 escolhidos pelos clubes já têm um compromisso com a torcida paraense. Todos disputarão, no próximo domingo (25), uma partida preliminar ao maior clássico do futebol paraense, o Re x PA (Remo e Paysandu), no Mangueirão, para mostrar aos torcedores paraenses o alcance social do programa Pro Paz.

Após ser confirmado entre os escolhidos pela comissão técnica da Tuna Luso, André Henrique, 11 anos, ficou ainda mais ansioso. Ele, que é atendido no Polo do Pro Paz que funciona no Iesp (Instituto de Ensino de Segurança do Pará), no município de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, queria chegar logo em casa, para contar a novidade aos pais, que não puderam ir ao estádio.

“Meu pai é mecânico e minha mãe não trabalha. Quero chegar logo para contar pra eles que vou jogar na Tuna”, disse André.

O adolescente Higor Christian, 14 anos, foi escolhido pela comissão do Paysandu, clube onde pretende aprimorar seu desempenho na lateral e no meio de campo. “Gosto do Messi (argentino que joga no Barcelona e ganhou da FIFA o troféu de melhor jogador do mundo). Vou aproveitar e me dedicar muito, e não largar esta chance que estou conseguindo no Papão. Afinal, quero seguir carreira para poder ajudar minha mãe”, ressaltou Higor, integrante do Polo Pro Paz no bairro do Benguí, em Belém.

Os 33 selecionados continuarão a ser beneficiados pelo Pro Paz. Aos clubes, cabe agora proporcionar aos meninos a estrutura necessária para desenvolverem suas habilidades.

Após o torneio, os 160 jogadores foram homenageados com medalhas, e os 33 selecionados tiveram seus nomes divulgados e receberam dos representantes dos clubes as camisas oficiais, que a partir do próximo domingo vão defender nas categorias Sub12 e Sub 15.

Fonte: Agência Pará

18 de março de 2012

Caravana PROPAZ Chega em Portel

By On 22:08
Chegou em Portel no fim da tarde, com recepções Portelense!!!
Mais....

Caravana deixa Bagre com mais de 5 mil ações de cidadania e segue para Portel

By On 13:21
O último dia da Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva no município de Bagre, no Arquipélago do Marajó, foi marcado pela grande procura aos diversos serviços oferecidos pelo governo do Estado. Como aconteceu nos três dias de ação, neste domingo (18), desde cedo, moradores da sede municipal e de outras localidades lotaram os pontos centrais de atendimentos.

No trapiche da cidade estavam concentradas as unidades móveis com os consultórios médicos, laboratório e fábrica de óculos. Nas escolas de Ensino Fundamental “Perúcia Ferreira Castro” e de Educação Infantil “O Mundo da Criança”, cedidas pelo município para a ação, foram ofertados os serviços de cidadania.

Kassandra Saira Fernandes Costa, 16 anos, procurou a caravana em busca da primeira Carteira de Identidade. “Eu achei muito importante ter a ação aqui em Bagre, que nunca tinha recebido algo desse tipo. Para nós facilitou bastante, já que muitas vezes temos que ir a outras cidades em busca desses serviços”, disse a jovem, que conseguiu, além da identidade, o CPF e a Carteira de Trabalho.

Como ela, Evandro Carlos Paiva, 16 anos, também garantiu os três documentos. “É importante ter esses documentos, porque são eles que me darão acesso a muitos dos serviços que poderei precisar daqui pra frente”, afirmou ele, que recebeu os documentos no mesmo dia.

Somente nos dois primeiros dias de atendimento, as ações de cidadania da caravana realizaram 4.645 procedimentos, entre os quais 522 emissões de Carteira de Identidade, 326 de Carteiras de Trabalho, 587 de CPF e 544 de Certidão de Nascimento.

No início da tarde deste domingo (18), a Caravana Pro Paz deixou o município de Bagre rumo a Portel.

Fonte: Agência Pará

17 de março de 2012

Caravana oferece atendimento a pessoas deficientes em Bagre

By On 14:36
A dona de casa Maria Raimunda Teixeira Nunes, 61 anos, foi uma das inúmeras pessoas beneficiadas pelos serviços ofertados pela Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva no município de Bagre (no Arquipélago do Marajó) neste sábado (17), segundo dia de atividades no município. Maria Raimunda, que não possui as duas pernas, recebeu uma cadeira de rodas e realizou consultas com clínico geral, cardiologista e oftalmologista, garantindo também um óculos novo.

A nova cadeira foi entregue à dona de casa pela Ação Social Integrada do Palácio do Governo (Asipag). Após chegar ao trapiche do município, onde estão concentrados os serviços de saúde da caravana, ela contou com a ajuda do sargento Maciel, do Corpo de Bombeiros, que a carregou até os consultórios.

“Essa cadeira de rodas é muito importante, porque realmente estava precisando de uma. Tenho deixado de fazer várias coisas por não ter como me locomover. Hoje é um dia muito feliz na minha vida. Já fiz eletro (eletrocardiograma), já me consultei e consegui um óculos novo, que também estava precisando, mas não tinha condições de comprar”, disse a dona de casa, após receber os benefícios.

Nascida no município de Muaná, na mesma região, há oito anos Maria Raimunda vive em Bagre. Ela vive com três dos quatro filhos que tem. Em casa, Maria utilizava um carrinho improvisado para se locomover, já que sua antiga cadeira estava quebrada.

Diferentemente dos que nascem com algum tipo de deficiência, a dona de casa teve que se adaptar à situação desde 1986. Devido a um acidente na fábrica de palmito onde trabalhava, ela teve suas duas pernas amputadas e os dedos de uma das mãos. “Faz 26 anos que perdi os meus membros. Pra quem está nessa situação, uma cadeira de rodas é uma grande coisa”, declarou.

A Asipag, que integra a Caravana Pro Paz Cidadania Presença Viva pelo Marajó, entregou 135 cadeiras de rodas nos cinco municípios já percorridos (Ponta de Pedras, Muaná, São Sebastião da Boa Vista, Curralinho e Oeiras do Pará) e em dois dias de ação em Bagre. As atividades prosseguem no município até este domingo (18).

Fonte: Agência Pará

Popular

Follow by Email