Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Maioria dos eleitores do Pará é contra a divisão do Estado

Maioria dos paraenses é contra a divisão do Estado. É o que afirma a pesquisa do instituto DataFolha, encomendada pela Tv Liberal e jornal Folha de São Paulo e divulgada nesta sexta-feira (11). Foram realizadas 880 entrevistas em 42 municípios paraenses, no período de 7 a 10 de novembro de 2011 e registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número – 46041/2011. Os eleitores, acima de 16 anos, responderam as seguintes perguntas: 'Você é a favor da criação do Estado de Carajás?' e 'Você é a favor da criação do Estado do Tapajós?'. Carajás - Em relação ao Estado de Carajás 58% do entrevistados disseram 'Não' a divisão.  Já 33% falaram que 'Sim', são a favor da divisão. Responderam 'Não sabe' 8%. Segundo a pesquisa, a divisão do Pará em duas novas unidades federativas é rejeitada pela população do Estado, mas encontra respaldo entre os eleitores que estão nas áreas onde seriam criados os novos Estados de Carajás e Tapajós. A principal …

Professores da rede pública estadual desafiam a Justiça

Mesmo com a determinação judicial para que os professores da rede pública estadual encerrem a greve e retornem ao trabalho hoje, tudo indica que as cadeiras das salas de aula permanecerão vazias nesta segunda-feira. O Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Estado do Pará (Sintepp) já avisou que qualquer decisão sobre o encerramento da greve será tomada apenas em assembleia geral da categoria, que está marcada para hoje, às 9 horas, no Centro Social de Nazaré. Caso os professores não estejam em sala de aula hoje, a greve será considerada ilegal e o presidente do Sintepp estará sujeito a multa diária de R$ 25 mil. Além disso, se a categoria não voltar ao serviço, o Estado está autorizado a cortar o ponto dos grevistas a partir de hoje. Os professores que desobedecerem à decisão poderão, inclusive, serem submetidos à instauração de Processo Administrativo Disciplinar (PAD).
Segundo a coordenadora geral do Sintepp, Conceição Holanda, os professores não vão abrir mão de deliber…